Entre sem se perder...

segunda-feira, 5 de junho de 2017

MEU ÚNICO APEGO


Estou sempre contigo.
Na vida, no entre-vidas...
Em todas as dimensões 
te pertenço.
A lição daqui é
não ter apegos?
(...) me livro de todo o resto
só pra poder estar
comigo mesma.
E estar comigo mesma
é voltar pra ti!


EQUILÍBRIO INCONSTANTE


Sou poesia, 
mas ele não sabe ler.
Ele é música
que não consigo escutar.


DEUS DOS AFOGADOS


Posso estar sem rumo...
mas a poesia tem planos
pra toda a minha dor.


SENDO SANDRA



Quando sou
soa sincero.
Sei que sou
Central Única.
Sou a Florbela
que espanca
o poema.
Sou estrela
que dia clareia.
Há porque
amanhã.
Quando me atrevo
a sê-la,
não há volta.
E toda a minha
vontade é vermelha.
E há em mim
uma ingenuidade
verde-amarela.
Há em mim a rua
que te deixa sem saída.
Que te faz preso político.
Há em mim o tumulto
da manifestação.
Há a pretensão
de ser utópica.
Há em mim a Marx
vontade de equalizar,
de arcoirizar o planeta.
Há em mim
fé em todo o Francisco.
Há a dor de todas as Simones
que abortaram-se
não sendo de Beauvoir.
Quando ela aparece 
há uma pichação
que desafora o muro!
Para falar deste nome
há luta de classes gramaticais.
Quando ela incorpora (...)
sou a luta enlutada.
Sou Maria da Penha,
sou Madalena 
que amava um socialista,
sou Dandara,
sou também Marias 
que não são bonitas. 
Sou Tarsila, Lotta arquitetando,
Sou Leila voando, sou Dilma caindo.
Sou mulheres queimadas
sou as que precisam ser amadas. 
Sou a subversão dos que perdoam.
Sou quem anistiou o sonho.
Sou quem não segura o cálice.
Sou a embriaguez do megafone.
Sou fruta Gogóia sindicalizada.
Quando sou Sandra
sou cio.
Sou Fidel (...)
- Que é melhor que ser fiel!
Sou o novo que sempre vem.
Sou o sol de quase dezembro.
e pra não dizer que não falei de flores (...)

Quando me visita a Sandra,
sei que toda a Rosa é de Luxemburgo.


DISFONICA


Não posso mais te chamar.
Também não devo usar o creme.
Mas te chamo mesmo assim.
E sempre que te penso
é religioso...
É mistério.
Não devo te chamar
através do cálice.
Nem devo oferecer o vinho.
Mas te chamo mesmo assim.
Em todas as vidas te chamo.
E te chamo desde pequena.
Chamo para que me socorra,
para que me dê rumo...
para que tudo faça sentido.
Não devo usar encantamentos.
Mas te chamo mesmo assim.
Aliás, o amor grita.
Grita muito alto.
E quer saber?
De tanto te chamar, 
ando já sem voz.


COMEÇANDO PELO FIM


Restarão sonetos, versos soltos, 
frases desconexas, epítetos...
nas lápides os meus epitáfios.
Quando for presunçosa de novo,
te recordarei num clamor maior (...)
Mas nunca mais,
nada que nos una, além de palavras.


DE LONGE


Posso tentar o que for (...)
Daqui a pouco vem do nada
e vibra.
E tu chegas.


CONTINUE TENTANDO


Estou aqui (...)
tentando ser feliz como eu posso.

Mas eu não posso!


ETERNO QUE ACABA


Não há esquecimentos (...)
Agora foi acionado o relógio
que nos sincroniza com
o horário de todos os tempos.


PRA NÃO SER


Não podemos ficar juntos
para o resto da vida!

Sentença cumprida!
Sentença comprida!


MEU PEQUENO SUICÍDIO


Hoje (...)
pedi desculpas aos anjos,
por não ter tido paciência 
comigo mesma!


TENSÃO DO OUTRO LADO DO CORDÃO


Tranquilo...
Fica tranquilo
que aqui também
tá tudo uma merda!


QUEM É QUE É?


Quem eu sou
atravessou a madrugada
perguntando quem eu era...

PROCURA-SE PARA SEMPRE

Humildade é a qualidade que
quando achamos que alcançamos
(...) é porque já perdemos!

SANTO DO PAU OCO


Equiparando-se aos que vivem no esgoto, 
promove-se os que não merecem,
à categoria de dignos.

CARTAS MARCADAS


O demônio quer que você se decepcione
- uma única vez -

Já deus quer que você se decepcione
- muitas vezes -

(...) o seu amor e perdão para com os outros,
fará com que sejas digno do mesmo amor e perdão.

NO DIA EM QUE A NOITE FOI MAIS LONGA


O maior de todos os magos me reverenciou...
O poetas dos poetas escreveu uma ode e publicou.
O músico amanheceu tocando melodias de amor. 
(...) se presentificou o homem que me implorou um filho.
Troquei ideias com o maior de todos os intelectuais.
O mais delicado dos amantes pude experimentar.
E embora possa parecer enfadonha,
nenhum deles era o que eu queria.

MEU MEL MAU

Queres ser rainha? 
Não sabes ser operária?
Sem outras, 
não existe rainha alguma.
Podias ter geleia real
a vida toda.
É tanta cera 
que impede a escuta.
Todo o voo longe
justifica o néctar.
Visite quantas flores for preciso
e volte...
Não existe uma abelha fugidia.
Sozinhas sempre morremos. 
Ah, bom...
és um zangado zangão
sem utilidade.
Abelhas amam coletividade.
És uma fraude por senecio.
Ferrando os outros 
sempre morremos.
É o que acontece.
Nunca mais provará do mel
da generosidade.
Triste é o fim das que zombam.
Triste é o fim das abelhudas.
Nascemos em prol do pólen.
Mas tu preferiste usar o própolis
para embalsamar teu cadáver.
Morrerás de frio neste inverno.

Tu - com domínio do amor
Eu - condomínio do amor.

PRA ONDE IR?


Você pode (...)
realizar o que acha que é sonho.

(...) frequentar lugares desestressantes,
consultar os melhores psicanalistas,
tomar o lançamento da indústria farmacêutica...
achar que todo o problema é eletro-químico,
se reconciliar com deus,
virar um ortodoxo religioso.

Você pode (...)
fugir de todas as pessoas do mundo.

Só nunca poderá fugir de si mesmo!
Dessa perseguição ninguém foge!

AFINAL DE CONTAS


Abri a janela traumática.
Esgacei as venezianas.
Queria deixar evidente
não existem cortinas.
Fui obrigada a comprar
uma calculadora.
Fui obrigada a fazer contas.
Não me dava por conta.
Mas não somou nada...
O prejuízo foi pequeno...
perto do que estava planejado.

Alguém pequeno 
não consegue produzir
nem um dano assim,
tão grande!

BOA TARDE!

É tarde...
para alguns mais
do que para outros.
Passei pra cumprimentar.
Não menosprezo nenhum bicho.
Todos os segundos
passarão por ti
sem que tenhas 
certeza alguma.
E eu vou passar
no cortejo das horas.
Muitas de mim passarão.
E aquela que eu fui
nunca mais voltará.
Porque decidi
que só existo uma vez.
É tarde...
é tarde...
Tão tarde, até que arde.

VALENTE

VALENTE

Sou guerreira que não acredita em mãos sujas de sangue!

TRANSTORNO DISSOCIATIVO DE PERSONALIDADE


Quando não aceitamos os véus 
que encobrem nossas vidas passadas 
e decidimos espiar por trás da cortina.
(...) 
Vivemos o que já fomos e,
esquecemos do acordo realizado: 
- de sermos muito melhores e
esquecermos de tudo aquilo!!!

NASCER DE NOVO!

NASCER DE NOVO!

Às vezes, na vida, alguma coisa precisa ficar Clara!

VÔMITO


VÔMITO:

- Gosto de servir,
não de estar à serviço!

ESPIANDO PELA FECHADURA


Quando voltares e 
perguntares pelas chaves...
apontarei um outro,
a quem,
deleguei todos os segredos.

EX TUNC

EX TUNC

(...) 
Dos efeitos do perdão divino.

domingo, 4 de junho de 2017

DEUS


DEUS
substantivo feminino e masculino

1.
palavra quase sempre associada equivocadamente e exclusivamente às religiões, quando em verdade, trata-se de ciência, filosofia, arte e religião.

2.
palavra empregada para explicar algo de grande complexidade, e que por isso, acaba por redundar num infinito reducionismo.

MENINOS VERMELHOS

Ali todo o menino cultiva
uma raiva rubra
que lhe cultiva.

Foram condenados
a serem vermelhos.

Entendem de paixões,
cospem fogo e
se curvam às tentações.

Pequenos 
tropeçam aos borbotões
e aprisionam os dragões.

Na terra deles
só chove, chove
???????????
??????????
????????
??????
????? 
??? 
??
?
Chove pontos de 
interrogações.

Trovoa o pensar...
caminham,
sem sair do lugar.

De repente
surgem ??????????????

Atrapalham até a beleza
Da p?o?e?s?i?a... 

????? O que vocês fazem aqui?????

Os meninos se preocupam...
com quando vai 
???????????
??????????
????????
??????
????? 
??? 
??
?
de novo
e atrapalhar o dia?

Vivem vidas simultâneas
E raivas instantâneas. 

Ali não é lá.
Aí nunca será Lá!
Meninos fecham ouvidos
e cantarolam lá, lá, lá, lá...

Birrentos:
Pensam que sabem.
Pensam que mandam.

Se perdem da humildade
quase toda a tarde. 

De noite brincam de lutinha.
E lutam contra eles mesmos,
e acordam mal humorados,
quando em verdade,
nem dormiram.

Criaram pontinhos divertidos...
Deveriam pontuar tudo.
Indicam pausa ou até
um belo final.

Mas atenção!
Nessa terra (...)
Só quer chover pontos de 
???????????
??????????
????????
??????
????? 
??? 
??
?

Junte dois pontinhos 
¿ ? completamente invertidos.
E os obrigue a casar.
Tudo será mais divertido
Mas se desejar ser controvertido?
???????????
??????????
????????
??????
????? 
??? 
??
?
É só desejar 
que deus vai te deixar.

√ erdades ao quadrado


Ele: A Lua é um satélite.
Ela: A Lua é mistério. 
Ele: É única.
Ela: São quatro.
Derrubando teses... 
descobriram:

o oito deitado
tende ao infinito.

TRISTEZA EM LÁPIS LÁZULI


Vem voando celeste.
Como nuvens rabiscadas
em tons bebê.
Quando chegares
Te conto tudo...
Tudo em royal.
E me cuidarás prussiano.
Derrama sobre mim
lágrimas de pesar ártico... 
E me banha com
o orvalho consolo zafiro.
Faze-me ver 
teus olhos turquesa.
Faze-me sonhar 
com uma noite índigo.
Faze-me esquecer 
meninos vermelhos.
E me cobre com asas 
para que eu durma
de uma vez por todas
coberta de cobalto.
Sei que vais chegar
e sairás do mar marinho.
Vem menino oceano.
Vem menino azul.
Tu e teus olhos de maré.
Tu e teus nítidos olhos náuticos. 
Que me fazem só te aguardar.
Que fazem ouvir blues
antes que eu acorde
dessa mania de sonhar
acordada.

PUDIM DE CANECA


(...) me contaram tantas mentiras
- que agora -
basta que me contem uma única verdade.

SER OU NÃO SER?


Estou porção de átomos, 
mas sou matéria sutil
- parte do imperceptível mistério -
que retornará ao todo.

ERITROPOESIA


Processo pelo qual para escrever 
- um poeta -
usa todo o seu sangue.


segunda-feira, 17 de abril de 2017

PÁSCOA

Pedir ao coelhinho
o milagre da ressurreição.

CREIA

Tudo que se cria gera uma cria.

TALVEZ SEJA VERDADE

A ignorância tem certeza de tudo.
A inteligência duvida de tudo.
A sabedoria pondera tudo.

É ou não é? 
Talvez.

A verdade 
Passa tempos com a dúvida
Tem problemas com a certeza.
E nunca concorda com a mentira. 

É ou não é? 
Talvez.

PRÁ LÁ DE VACINADA

Atenuada,
mas ainda viva. 
Morta só se inativada.

Essencial,
opcional 
ou não recomendada?

Quem decide não és tu...
Mas a minha virulência.

TUDO DE MIM

Sou quem desejei ser
e não o que projetaram que eu fosse.

SEMPRE CHEGANDO...

Sarcasmo - meu único orgasmo!

FALTAM LETRAS...

Onde está escrito sadio, 
leia-se sádico.

A ALIENISTA

(...) me amas.
Eis a confirmação de tua sanidade.

ENCAIXE PERFEITO


Antecipando as peças,
não encontramos o lugar.

Ocorrem muitos extravios.

Visualizar o que se monta,
não se pode mais (...)

Jogando assim,
sempre faltarão pedaços.

Sempre se quebra cabeça.

A imagem do todo,
não chega para aquele
que se concentra em pedaços,
mas sim,
para aquele que justifica buracos.

ING SON

Sonando tão fake...
quanto o amor que tu me tinhas.

NÃO TEM FÓRMULA

Estar perto não é físico.
Melhora quando é químico.
Tenha ciência (...) 
Amar é uma ciência.

PSICOSE ALHEIA

Quanto mais as coisas mudam...
mais elas permanecem iguais.

MANTENHA O ÉLAN

- Nunca estive tão lúcido!
É a frase do desequilibrado.

Nessa sociedade,
não há ninguém no prumo.

CHORAM TAMBÉM AS RUAS

Quando chove 
e é domingo
a vida perde
a única Redenção.
Não é alegre o Porto.
Ninguém chega.
Resto igual criança,
só porque não posso
sair pra bricar.

O QUE É, O QUE É?

Enquanto a ficção faz sentido, podemos jurar que é realidade e enquanto a realidade não faz sentido, podemos jurar que é ficção?

AUTO-TRANSPARÊNCIA

Toda a borboleta surge duma submissão à metamorfose.